Ingerir carboidratos a noite não engorda

02-02-2012 18:26

 

Uma crença comum no “mundo” do fitness e da perda de gordura é que não se deve ingerir carbohidratos depois das17-19 horas, porque, através de algum processo mágico, místico, transmutativo, de repente, as pessoas engordam mais nesse período de tempo do que na parte da manhã.

Sim, certo – e eu tenho um amigo que se parece com uma versão musculosa do Brad Pitt durante o dia, mas que se transforma num gordo obeso fã do sofá no preciso minuto em que o relógio bate as 18 horas.

Se a teoria de carbohidratos à noite parece um absurdo, isso é porque o é. No entanto, esse mito está espantosamente difundido na indústria das dietas, tão difundido, de facto, que eu dedico um capítulo inteiro a esse tema no livro “The Fat Loss Bible”.


Diz a lenda que, após as 18 horas, este aparentemente inocente prato de macarrão, transforma-se num monstro hediondo produtor de gordura que o irá deixar mais gordo do que um lutador de sumo. E à meia-noite, ele transforma-se numa abóbora.

O mais recente estudo para desmascarar o dogma do “não se deve ingerir hidratos de carbono à noite” vem de Israel. Setenta e oito membros obesos da Força de Polícia israelita participaram num estudo clínico randomizado com a duração de 6 meses.

Ao grupo experimental foi prescrita uma dieta de baixas calorias (20% de proteína, 30-35% de gordura, carbohidratos, 45-50%, 1.300-1.500 kcal) fornecendo carbohidratos principalmente no jantar. Os membros do grupo de controlo consumiram uma dieta semelhante, excepto que a ingestão de carbohidratos foi repartida ao longo do dia.

Então o que aconteceu após seis meses? Será que o grupo que ingeriu a maioria dos seus carbohidratos à noite perderam menos peso, tal como o dogma prevalente poderia prever?

Não – na verdade, eles até perderam um pouco mais de peso (-11,6 versus -9,06 kg) e gordura corporal (-6,98 versus -5,13%) e tiveram maiores reduções na circunferência da cintura (-11,7 versus -9,39 cm). No entanto, só a redução do peso alcançou uma significância estatística [1].

Antes que alguém mais visionário comece a escrever um hiperbólico acerca da “Vantagem Metabólica Nocturna!”, Há uma razão muito mais simples para terem ocorrido essas diferenças. De uma forma geral, o grupo experimental sentiu menos fome e muito menos pré-ocupações com a comida da dieta do que o grupo de controlo.

Para muitas pessoas, comer grandes quantidades de carbohidratos durante o dia pode levar a flutuações erráticas de açúcar no sangue que podem aumentar a fome e o apetite. Para essas pessoas, seguir o princípio do “evitar-carbs-à-noite” é susceptível de vir a prejudicar, em vez de ajudar, os seus esforços para perder peso.

Referências: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/21475137
Anthony Colpo
 

___________________________________________________
VISITE O SITE BIGMONSTRO
 
Voltar

Procurar no site

© 2010 Todos os direitos reservados para BIGMONSTRO

Aviso Legal: Recusamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações disponibilizadas através do site BIGmonstro, o qual tem por objetivo a informação, divulgação e educação sobre temas da musculação, e cujos artigos expressam somente o ponto de vista dos seus respectivos autores. Tais informações não deverão, de forma alguma, ser utilizadas como substituto para o diagnóstico nutricional ou tratamento de qualquer doença sem antes consultar um profissional devidamente credenciado em seu conselho regional. As informações fornecidas não são individualizadas. Portanto, um profissional deve ser consultado antes de se iniciar uma atividade física.