Como Perder Gordura Localizada

07-05-2011 19:13
Antes de mais nada quero advertir que este método não é prá todos, nem é a solução prá se perder alguns quilos pro carnaval.

A gordura corporal só é eliminada através de dietas bem elaboradas aliadas com programas bem feitos de exercícios aeróbios e com muita força de vontade, pois não é do dia prá noite que se perde a gordura acumulada por meses ou anos.

No entanto, se você já tem um bom condicionamento, treina há vários anos e ainda não consegui eliminar aquela gordura que cisma em cobrir seus abdominais esta técnica pode lhe ajudar.

O que mais dificulta nosso corpo a queimar os últimos depósitos de gordura é a falta de circulação sanguínea no tecido adiposo, por isso é mais fácil pro nosso corpo usar os próprios músculos como fonte de energia do que ele queimar a santa barriguinha.

Para chegar no nosso objetivo a primeira providência é aumentar a nossa circulação sanguínea na região onde queremos que a gordura seja eliminada, para isso existem básicamente duas alternativas, uma interna e outra externa, que se usadas simultâneamente trarão os resultados esperados.

A interna é fácil, basta fazer abdominais, tipo crunch ou crunch reverso, lentamente, procurando sentir o músculo trabalhando, sem se preocupar com número de repetições e sim com o tempo total do exercício.

A externa é um pouco mais trabalhosa, primeiro é preciso compreender o funcionamento da nossa circulação: uma das funções dela é justamente controlar a temperatura do nosso corpo, e por isso automáticamente o sangue é mais bombeado prá região que está precisando.

O pessoal mais antigo deve se lembrar de faixas elásticas que se usavam na cintura, geralmente com um plástico por baixo, na tentativa de eliminar a gordura, na realidade o efeito era uma desidratação localizada devido ao aumento de temperatura na área e dois copos d’água depois lá se iam os “ganhos” na perda de gordura.

Outro erro desse método ocorria por não estimular a circulação de sangue na área, pois já que estava aquecida o corpo não vê necessidade de mandar mais sangue pro local e isso torna mais difícil ainda a utilização da gordura como fonte de energia.

O mesmo erro acontece naqueles “fornos” que algumas clínicas de estética usam, a região é aquecida e apenas ocorre a desidratação local.

Para aumentarmos a circulação o que devemos fazer é tentar resfriar a região onde queremos diminuir as gorduras, assim o corpo mandará mais sangue pro local e facilitará a utilização da gordura como fonte de energia.

Então é só colocar um saco de gelo em cima do abdomen enquanto se faz abdominais e pronto, acabou-se a barriga, mas não é tão simples assim.

Primeiro precisamos fazer nosso corpo começar a usar a gordura como fonte de energia, e isso é um processo que requer mais uma vez o conhecimento do funcionamento do nosso corpo.

A nossa fonte de energia principal é o glicogênio, um carboidrato complexo que fica estocado em nossos músculos e no nosso fígado, só depois de esgotado o glicogênio disponível é que o corpo irá partir em busca de novas fontes de energia.

Em condições de exercícios normais esse estoque dura cerca de 45 minutos, e só depois é que serão usadas outras fontes alternativas de energia.

Outra forma, que muitos estudiosos condenam, mas que na prática se mostra eficaz, é a execução dos aeróbios em jejum. A explicação é que, como passamos mais de oito horas sem alimentação, o corpo já está usando outras fontes de energia e com o devido cuidado podemos direcionar o uso dessas fontes para onde queremos.

Bem, chega de falatório e vamos ao que interessa, como perder realmente a gordura localizada.

Primeiro acorde uma hora mais cedo, vá até a cozinha beba um copo de água gelada e tome um copo de café sem açúcar, a cafeina é um termogênico natural e vai nos ajudar, e um comprimido de vitamina C sem açúcar, aliás o açúcar ou qualquer outro carboidrato deve ser evitado antes do exercício, senão seu corpo vai parar de queimar as gorduras, pois os caboidratos são fontes mais fáceis de energia, é a eterna lei do mínimo esforço.

Faça um leve aquecimento e faça uma caminhada de meia-hora, lembre-se, a idéia é manter o corpo queimando a gordura, por isso não faça esforços desnecessários, apenas caminhe.

Após a caminhada deite-se num colchonete, coloque o gelo e começe com os abdominais, mais uma vez, sem esforço, apenas contraia e relaxe o abdomem sentindo o trabalho muscular, tente ir aumentando o tempo aos poucos, segurando mais tempo o músculo contraido, relaxando mais devagar o músculo.

Lembre-se, nós estamos querendo queimar a gordura localizada não treinando prá algum campeonato de aeróbica, portanto respeite seus limites, se sentir tonturas ou desconforto pare os exercícios, respire fundo algumas vezes e vá se alimentar.

Existem também alguns cuidados prá se usar o gelo, o principal é não colocá-lo diretamente sobra a pele, devemos sempre colocá-lo sobre uma toalha. Outra opção são aquelas bolsas térmicas que vendem em farmácias, é só deixá-las no freezer e colocar sobre a tolha.

Uma dica boa é fazer um colete atoalhado com bolsos que caibam as bolsas térmicas, assim pode-se pegar toda a área do abdomen de uma só vez.

Acabado os exercícios tome mais um copo de água gelada e espere uns vinte minutos para tomar seu café da manhã.


Um bom treino


claudio


fonte: http://power-works.net

 

 

VISITE O FORUM BIGMONSTRO: WWW.BIGMONSTRO.BIG-FORUM.NET

CADASTRE-SE GRÁTIS!!!

Voltar

Procurar no site

© 2010 Todos os direitos reservados para BIGMONSTRO

Criar sites grátis Webnode

Aviso Legal: Recusamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações disponibilizadas através do site BIGmonstro, o qual tem por objetivo a informação, divulgação e educação sobre temas da musculação, e cujos artigos expressam somente o ponto de vista dos seus respectivos autores. Tais informações não deverão, de forma alguma, ser utilizadas como substituto para o diagnóstico nutricional ou tratamento de qualquer doença sem antes consultar um profissional devidamente credenciado em seu conselho regional. As informações fornecidas não são individualizadas. Portanto, um profissional deve ser consultado antes de se iniciar uma atividade física.