Óleo de oliva e testoterona

05-12-2010 22:28

 

Óleo de Oliva converte colesterol mais facilmente em testosterona
 



Quanto mais gordura que você come, mais testosterona o corpo produz. Mais gordo, mais testosterona. Depois de um estudo em ratos, pesquisadores argentinos concluíram um ano atrás, que o azeite é a melhor fonte de gordura para aumentar a testosterona. Os mesmos pesquisadores já publicaram os resultados de um estudo em animais com outros lipídios, para mostrar como o óleo de oliva aumenta a produção de testosterona. O azeite de oliva ajuda a absorver maior quantidade de colesterol.


Os pesquisadores que trabalham no Instituto de Investigações Bioquímicas de La Plata, fizeram um experimento com ratos machos. Para sessenta dias, os ratos receberam alimentação adicionado de setenta gramas de óleo de soja (S), azeite de oliva (O), óleo de coco (C) ou óleo de semente de uva (G) por quilo. No final do período os pesquisadores mediram a quantidade de testosterona que os animais estavam produzindo. A figura abaixo mostra que o óleo de coco e azeite de oliva eram os melhores impulsionadores da testosterona.





 


Os testículos dos ratos que tinham azeite adicionado na sua alimentação também foram pesados. A dieta com óleo de semente de uva produziu os mesmos resultados que a dieta de óleo de soja, nós deixamos essa coluna fora da tabela abaixo.

 

 


 


Há um ano os argentinos descrevem como isto acontece. Azeite de oliva e óleo de coco aumentam a atividade da 3beta-HSD e enzimas 17beta-HSD. Estes estão envolvidos na produção de testosterona. Azeite de oliva e óleo de coco também aumentam a concentração de antioxidantes do próprio corpo, nas células de Leydig, que produzem testosterona. No presente estudo, os pesquisadores deram um passo adiante. Eles encontraram uma relação entre a dieta, a quantidade de colesterol livre das células de Leydig e o nível de testosterona.
 

 

 


 


As células de Leydig produzem testosterona a partir do colesterol. Uma dieta que é rica em óleo de coco ou azeite, aparentemente, ajuda as células a absorver mais colesterol. As células também são mais capazes de extrair o colesterol a partir do seu éster. O colesterol mais livre está disponível nas células de Leydig, e há menos colesterol éster na célula, assim será maior a taxa de produção de testosterona.
 



 


Assim, os atletas naturais podem optimizar a sua produção de testosterona, tornando azeite sua principal fonte de gordura. Outra estratégia nutricional que pode ajudar é comer cranberries (amora). Cranberries (amora) aumenta a absorção de colesterol pelos testículos.
 

 

 


FONTE: [url=http://www.springerlink.com/content/l433464165n56327/]SpringerLink - Journal Article

Voltar

Procurar no site

© 2010 Todos os direitos reservados para BIGMONSTRO

Aviso Legal: Recusamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações disponibilizadas através do site BIGmonstro, o qual tem por objetivo a informação, divulgação e educação sobre temas da musculação, e cujos artigos expressam somente o ponto de vista dos seus respectivos autores. Tais informações não deverão, de forma alguma, ser utilizadas como substituto para o diagnóstico nutricional ou tratamento de qualquer doença sem antes consultar um profissional devidamente credenciado em seu conselho regional. As informações fornecidas não são individualizadas. Portanto, um profissional deve ser consultado antes de se iniciar uma atividade física.